PARTICIPE

O que você achou do novo site do SINEPE/SC?






/ NotÍcias A+   A-

Últimos dias de inscrição para o Prêmio Desterro - 8° Festival de Dança de Florianópolis

12/06/2017

Evento distribuirá R$ 22 mil aos vencedores e
estreará palco paralelo com apresentações gratuitas

Encerra na próxima  quarta-feira (14) o período de inscrição para o Prêmio Desterro – 8° Festival de Dança de Florianópolis, que ocorrerá de 29 de agosto a 3 de setembro no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC). Candidatos do Brasil e do exterior devem se cadastrar no processo seletivo por intermédio do site www.premiodesterro.com.br. A premiação total de R$ 22 mil será dividida entre os melhores bailarino, bailarina e coreógrafo, os vencedores de cada gênero de dança, o destaque do evento e o grande campeão.

     Podem competir obras de balé clássico, balé clássico de repertório, dança contemporânea, dança de salão, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado, com duração máxima entre três e cinco minutos. Os subgêneros estão divididos em solo masculino e feminino, duo e conjunto, nas categorias: júnior (nascidos de 2001 a 2005) e adulto (nascidos até 2000).

     Os interessados devem mandar as fichas, os respectivos vídeos e o comprovante de pagamento da taxa de avaliação de R$ 15 por coreografia seguindo os procedimentos e prazos estipulados no regulamento. A relação dos selecionados será divulgada até o dia 3 de julho. Apenas estes pagarão inscrição por participante de acordo com o subgênero e remeterão os demais documentos exigidos até 18 de julho.
 
Palco aberto
     A partir deste ano, o festival também promoverá o Palco Aberto Comentado, com apresentações gratuitas em todos os dias do evento, na praça de alimentação do Shopping Iguatemi. As atrações serão comentadas por um profissional convidado, que emitirá aos bailarinos e coreógrafos pareceres técnicos sobre o que foi exibido. Não haverá pontuação ou qualquer tipo de premiação, pois é uma mostra não competitiva.

     A agenda paralela tem regulamento próprio e as inscrições estão abertas também até o dia 14 de junho a bailarinos de qualquer procedência nascidos até 2007. Podem ser aprovadas tanto coreografias não selecionadas para a mostra competitiva do Prêmio Desterro quanto as inscritas especificamente para este fim. O tempo de apresentação é livre, como também a quantidade de trabalhos enviados.

     A taxa de avaliação de cada coreografia custa R$ 15 e a taxa de inscrição para os aprovados tem valor único de R$ 50 por bailarino, não importando o número de trabalhos que apresentar. Já os coreógrafos, assistentes, diretores e coordenadores são isentos. Até o dia 3 de julho será divulgada a lista dos selecionados.
 
Prêmio Desterro online:
Site: www.premiodesterro.com.br
Facebook: facebook.com/festivaldedanca
Twitter: @premiodesterro


Carolina Pegurelli e Guilherme Maciel, do Raça Centro de Artes, de São Paulo, foram eleitos os melhores bailarinos do festival em 2016. O grupo também ganhou prêmio de melhor balé clássico de repertório da edição. Coreografia “Coppélia”, de Arthur Saint-Léon. CRÉDITO: CLAUDIO ETGES/DIVULGAÇÃO


Com Passo Cia. de Dança, de São José dos Campos (SP), prêmio de melhor sapateado em 2016. Coreografia “Encerrando Ciclos”, de Bruna Miragaia. CRÉDITO: CLAUDIO ETGES/DIVULGAÇÃO

Ballet Margô, de Caxias do Sul (RS), apresentou a melhor dança contemporânea em 2016. O grupo também foi o grande campeão do festival. Coreografia “Electrões”, de Matheus Brusa. CRÉDITO: CLÁUDIO ETGES/DIVULGAÇÃO
 

Monique Paes Studio de Dança, de Jacareí (SP), ganhou o melhor jazz do Prêmio Desterro 2016. Coreografia “Até que Enfim”, de Monique Paes. CRÉDITO: CLAUDIO ETGES/DIVULGAÇÃO

Bookmark and Share imprimir
ACESSE


NEWSLETTER

Receba todas as novidades do SINEPE/SC via e-mail